quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O que significa a sigla SQL

1) O que significa a sigla SQL? Qual a finalidade dessa linguagem? Como ela se divide? Quais são os comandos principais de cada divisão? Explique-os resumidamente.

R:Structured Query Language ou Linguagem de consulta estruturada ou SQL, é uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional. Muitas das características originais do SQL foram inspiradas na álgebra relacional.
O SQL foi desenvolvido originalmente no inicio dos anos 70 no laboratório da IBM em San Jose, dentro do projeto System R, que tinha por objetivo demonstrar a viabilidade da implementação do modelo relacional proposto por E. F. Cold.
A DML é um subconjunto da linguagem usada para inserir, atualizar e apagar dados.
INSERT – é usado para inserir um registro (formalmente tupla) a uma tabela existente.
DELETE – para mudar os valores de dados em uma ou mais linhas da tabela existente.


2) Quais são os tipos de dados que a linguagem SQL padrão (ANSI) suporta? Explique cada um resumidamente.

DML – linguagem de manipulação de Dados
DDL – linguagem de definição de dados
DCL – linguagem de controle de dados
DTL – linguagem de transação de dados
DQL – linguagem de consulta de dados


3) Explique o comando SELECT. Sua sintaxe, características básicas, Cláusula Where, operadores, conectores, subconsultas, funções de agregação, cláusula order by, group by, having e compute by.

O comando SELECT permite o usuário especificar uma consulta como uma descrição do resultado desejado.

Clausulas

FROM – utilizada para especificar a tabela que se vai selecionar os registros
WHERE – utilizada para especificar as condições que devem reunir os registros que serão selecionados
GROUP BY - utilizada para separar os registros selecionados em grupos específicos
HAVING – utilizada para expressar a condição que deve satisfazer cada grupo
ORDER BY – utilizada para ordenar os registros selecionados com uma ordem especifica
DISTINCT – utilizada para selecionar dados sem repetição

Operadores lógicos

AND E – avalia as condições e devolve um valor verdadeiro caso ambos sejam corretos
OR OU – avalia as condições e devolve um valor verdadeiro se algum for correto
NOT negação – devolve o valor contrario a expressão

Operadores Relacionais

<>maior que
<> diferente de
<= menor ou igual que >=maior ou igual que
= igual a

BETWEEN – é utilizado para especificar um intervalo de valores
LIKE – é utilizado na comparação de um modelo e para especificar registros de um banco de dados.

4 - o que é uma visão (view) em SQL? Explique suas propriedades, utilidades e os comandos para a sua manipulação.

Uma visão ou view no contexto dos bancos de dados é uma relação que não armazena dados, composta dinamicamente por uma consulta que é previamente analisada e otimizada.
Basicamente VIEW é uma tabela virtual gerada a partir do resultado de uma instrução SELECT.
Uma VIEW contem linhas e colunas, como se fosse uma tabela real, os campos na view são capôs obtidos em uma tabela de um banco de dados.


5 - O que são procedimentos armazenados (stored procedure)? Para que servem, o que eles permite fazer e quais comandos podemos utilizar no seu corpo e para criá-los?

Procedimento armazenado é uma coleção de comando SQL para dispensamento de banco de dados, encapsula tarefas repetitivas, aceita parâmetros de entrada e retorna um valor de status. O procedimento armazenado pode reduzir o tráfego na rede, melhorar a performance, criar mecanismos de segurança.

Exemplo (MS-SQL Server)

Create procedure busca
@nomedebusca varchar (50)
As
Select nome1, nome2
From nome_da_tabela
Where nome = @nomedebusca

6 - O que são gatilhos (TRIGGERS)? Para que servem, quais as vantagens na sua utilização, como funcionam e como criá-los?

Gatilho é um recurso de programação executado sempre que o evento associado ocorrer, é muito utilizado para ajudar a manter a consistência dos dados ou para propagar alterações em um determinado dado de uma tabela para outra. Um bom exemplo é um gatilho criado para controle de quem alterou a tabela, nesse caso, quando a alteração for efetuada o gatilho é disparado e grava em uma tabela de histórico de alteração, o usuário e data/hora de alteração.

Exemplo (MS-SQL Server)

CREATE TRIGGER nome_do_gatilho ON dono.Nome_da_tabela
FOR INSERT (ou UPDATE ou DELETE)
AS
Código para execução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário